D. Branca de Vilhena

15,00  12,75 

Neste livro procede-se a um exaustivo trabalho de análise histórica do Tombo de propriedades da capela de D. Branca de Vilhena, datado de 1499. O estudo parte da edição da fonte composta por dois documentos distintos: o tombo de propriedades adstritas à capela instituída no convento de S. Domingos de Guimarães e o testamento, mandado executar em 24 de Junho de 1438, pelo qual D. Branca de Vilhena vincula parte significativa do seu património à fundação da capela de linhagem.