Cadernos de Estudos Latino-Americanos 09

Cadernos de Estudos Latino-Americanos 09. Trajectórias: Portugal, União Europeia e América Latina

€10

Isabel Costa Leite

Categoria: , .

Descrição do Produto

Nos últimos trinta anos, a relação entre Portugal, a União Europeia e a América Latina tem-se mostrado inserida num conjunto de diferentes trajectórias, umas de aproximação, outras de afastamento, conforme as lideranças e os interesses estratégicos dos parceiros envolvidos. Nas décadas de 1970 e 1980, os princípios democráticos e do Estado de direito, pilares da construção europeia, assumiram-se como orientadores da acção política que viria a contribuir para a abertura dos regimes ditatoriais português e latino-americanos e sua transição para a democracia. No percurso desta relação, consideram-se dois períodos: um, anterior à adesão ibérica; e outro, a partir das novas prioridades europeias decorrentes da adesão de Portugal e Espanha, em 1986. Neste período, destaca-se a contribuição portuguesa como ponte de ligação política e cultural no contexto das relações euro-latino-americanas. Na relação entre a União Europeia e a América Latina, consideram-se quatro vertentes de interesse estratégico comum: a protecção dos valores fundamentais e democracia, ambiente e desenvolvimento sustentável, segurança internacional e luta contra o terrorismo e migração. Na perspectiva das Cimeiras Ibero-Americanas, também a possível coexistência de interesses aponta para o reforço desta relação, impulsionando a atenção comunitária pela região latino-americana. Por outro lado, Portugal encontra no espaço ibero-americano a oportunidade de reforçar posições no quadro internacional capazes de contribuir para a afirmação de uma parceria que se pretende forte no diálogo multilateral.

AUTORA
Isabel Costa Leite Licenciada em Relações Internacionais, pós-graduada em Estudos Europeus e doutorada em Ciência Política e Sociologia. Professora Associada da Universidade Fernando Pessoa. Membro do Núcleo de Estudos Latino-Americanos (NELA) e Coordenadora dos 1.º e 2.º ciclos de Ciência Política e Relações Internacionais. Desenvolve a sua investigação no âmbito da integração política europeia e das relações políticas Portugal-União Europeia-América Latina. Autora de diversos artigos, tais como “América Latina e Portugal: imigração com integração política?” e “Mercosul e União Europeia: que paralelo institucional?”(NELA, UFP), colaborou em publicações sobre a integração europeia como “A União Europeia: História, Instituições e Políticas, UFP.

ÍNDICE

Abreviaturas
Preâmbulo
Introdução

Capítulo 1. Antecedentes políticos: o percurso democrático
1.1. A transição democrática em Portugal
1.2. A Europa, os princípios democráticos e o fim da guerra-fria
1.3. A América Latina: entre democracia e crise económica

Capítulo 2. A aproximação entre a União Europeia e a América Latina
2.1. No período anterior à adesão ibérica
2.2. No período posterior à adesão ibérica (1986)

Capítulo 3. Portugal e o reforço das relações euro-latino-americanas
3.1. A contribuição portuguesa

Capítulo 4. União Europeia e América Latina no contexto político-estratégico global
4.1. As vantagens da integração regional
4.2. A Política Externa dos blocos regionais: União Europeia e América Latina
4.3. Acções no plano global
4.3.1. Protecção dos valores fundamentais e democráticos
4.3.2. Acções no âmbito do ambiente e desenvolvimento sustentável
4.3.3. Cooperação na segurança internacional e luta contra o terrorismo
4.3.4. Migração UE-ALC

Capítulo 5. O impulso das Cimeiras Ibero-Americanas na relação UE-ALC
5.1. Contextualização
5.2. Desenvolvimento e áreas de intervenção
5.3. O papel das Cimeiras Ibero-Americanas nas relações euro-latino-americanas

Capítulo 6. Portugal no espaço ibero-americano: novos desafios
6.1. Afirmação da língua portuguesa e partilha de culturas
6.2. Desenvolvimento sustentável
6.3. Democracia, direitos humanos e imigração
6.4. Comércio mundial – Ronda de Doha

Perspectivas e considerações finais
Bibliografia

Informação Adicional

Dimensões 14,7 × 0,7 × 21 cm
Edição

Ano

2011

Páginas

127

ISSN

1646-5164

Língua

Português