O Estado em Portugal

16,00 

«O livro hoje deposto nas mãos do leitor ajuda bem a compreender que é necessário não se fazer um juízo demasiado absoluto sobre os vários períodos da História. No caso vertente, emerge meridianamente, e a propósito do Estado, que na Idade Média se perfilaram numerosos traços de modernidade e que na Idade Moderna persistiram inequívocos traços medievais. O real é bem mais complexo do que os esquemas tradicionais e as ideias pré-definidas inculcam.» – Martim de Albuquerque, Professor Catedrático da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa in Prefácio